top of page
Buscar
  • Foto do escritorConsorcio Piemonte da Diamantina

Descubra o Piemonte: Pinturas Rupestres em Saúde

Atualizado: 26 de dez. de 2023

Localizada no coração do Piemonte da Diamantina, Saúde é uma cidade que encanta por sua atmosfera acolhedora e suas belezas naturais. Com uma população de 10.478 (Censo 2022) pessoas, o município reflete a riqueza natural e histórica da região, conhecida por suas trilhas e belíssimas cachoeiras, como é o caso da famosa Cachoeira do Paulista, que recebe turistas de toda a região.


Em 2007, o município entrou no mapa das pinturas rupestres com a descoberta de diversas figuras na chamada Trilha do Cândido, herança dos povos indígenas que passaram pela região. Com tantos atrativos, o município destaca-se como um destino que oferece não apenas um ambiente tranquilo e hospitaleiro, mas também uma oportunidade de imersão nas riquezas culturais, históricas e naturais, com paisagens deslumbrantes do Piemonte. 


Turismo de Aventura: Trilha do Cândido


Perto do centro da cidade, a Trilha do Cândido oferece aos visitantes uma ótima oportunidade de mergulhar no turismo de aventura. Ao longo de seus 3,5 km, o trilheiro é envolvido pela vegetação exuberante da Mata Atlântica, que cria uma atmosfera de tranquilidade e encanto. Ao mesmo tempo, a trilha o leva por áreas de transição de Caatinga, proporcionando uma visão única das diferentes paisagens encontradas no Piemonte.


Os apaixonados por aventuras acharão essa trilha especialmente emocionante. A topografia acidentada e a sensação de se aventurar por uma serra pouco explorada e pouco conhecida adicionam um elemento de desafio, tornando-a perfeita para os entusiastas de caminhadas e trilhas. E no final, a recompensa, arte rupestre feita por povos indígenas que habitavam a região séculos atrás. 


Arte Rupestres em Saúde


Você com certeza já ouviu falar nas pinturas rupestres em nossa região! A arte rupestre é a produção artística produzida durante o período pré-histórico, e é representada por pinturas e gravuras feitas em pedras e nas paredes das cavernas usando sangue de animais e secreção de folhas e flores que representavam imagens que compunham o cotidiano vivido pelos habitantes da época. 


A arte rupestre é considerada a primeira manifestação artística da história, e pode ser encontrada em diversas localidades do nosso território, como é o caso das figuras encontradas na Trilha do Cândido, que tem se destacado como rota de turismo após a descoberta de pinturas rupestres situadas nas localidades da Serra Branca e da Serra da Santa Cruz. Para conhecê-las, o turista deve entrar em contato com a Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente de Saúde, onde o visitante realizará o agendamento para a realização da trilha com condutores ambientais habilitados. 


O aspecto mais cativante desta trilha é a conexão com os povos indígenas ancestrais que deixaram registros na localidade. As pinturas são uma janela para o passado, revelando aspectos da vida e da cultura dos antigos habitantes da área. Explorar as figuras rupestres é uma oportunidade única de aprender sobre a história e os costumes dos povos indígenas que uma vez chamaram essa região de lar. É também uma chance de honrar sua memória e reconhecer a importância de preservar essas relíquias culturais para as gerações futuras.


A preservação das pinturas rupestres é uma questão crucial para a comunidade de Saúde. Essas obras de arte pré-históricas enfrentam ameaças constantes de vandalismo e degradação devido à exposição ao clima e ao contato humano. Por isso, é vital que os visitantes sigam rigorosamente as diretrizes de conservação ao explorar a trilha e admirar as pinturas.


O governo local e as comunidades estão trabalhando juntos para proteger esse patrimônio cultural. Sinalizações educativas ao longo da trilha incentivam a consciência ambiental e a importância da preservação. Os visitantes também são incentivados a não tocar nas pinturas e a respeitar as áreas delimitadas para minimizar o impacto ambiental.


A Trilha do Cândido é muito mais do que uma simples caminhada na natureza, é uma jornada de descoberta, conexão e preservação. Oferece aos aventureiros a chance de se conectar com a mata, explorar a serra e, ao mesmo tempo, honrar a herança dos povos indígenas ancestrais. Ao visitarem este local incrível, os turistas contribuem para a preservação da arte rupestre, garantindo que essa rica herança cultural seja apreciada pelas gerações futuras. 


Ascom/Consórcio Piemonte






2 visualizações0 comentário
bottom of page